Marketing Digital – o que é e como colocar em prática

Quando você ouve falar de Marketing Digital, qual a primeira coisa que vem à sua mente? Redes Sociais? Mecanismos de busca? Tem um amigo que faz por um preço baratinho e que vai te trazer muitos clientes? Pois é, o universo do Marketing Digital engloba muitos conceitos e ferramentas, mas também traz consigo muitos ‘achismos’. Pode até parecer uma coisa simples e fácil, que qualquer um faz vendo vídeo no YouTube, mas não é bem assim que funciona.

Mas, afinal, o que é Marketing Digital? Trata-se de um conjunto de estratégias de comunicação e divulgação on-line da sua empresa, marca e produtos, que envolve diversas ferramentas e é pensada de modo global. Divulgar sua loja virtual, redes sociais, site e plataformas demandam muita técnica e estratégia. O Marketing Digital, quando feito de forma completa, não abrange apenas um desses meios de comunicação, mas forma realmente um plano de ação integrado entre todos. É necessário estudar e determinar a forma de falar com seus clientes (e futuros clientes ou “leads”, para ser mais exato), identidade visual, padronização de elementos para sua marca e ainda outras atividades, como vendas, atendimento etc.

O mundo hoje está cada vez mais digitalizado. Sabemos (e vemos) que as pessoas estão totalmente conectadas, trabalhando e resolvendo suas vidas através das redes digitais, ligadas em telas o tempo todo. Portanto, o antigo outdoor também precisa migrar para lá. E parece meio óbvio que sua marca tenha que estar presente nas redes, já que as pessoas estão lá. Pois é, o Marketing Digital vem estudar e aplicar isso na prática.

Mas, como funciona?

O Marketing Digital não se resume apenas à propaganda. Uma das vantagens das redes e da internet é que é muito mais fácil saber quem é o seu público-alvo, em que local ele está, quantas vezes ele entrou no seu site etc. Ou seja, o estudo dos dados de consumo se torna muito mais rico, porém também muito mais complexo. O trabalho de uma agência de Marketing Digital é compilar essa base de informações, analisando dados e observando comportamentos digitais, para montar um plano de ação eficiente para vender os seus produtos e representar a sua marca. E esse plano pode agir em várias frentes, como já falamos acima.

Por isso, é errado pensar no Marketing Digital apenas como “fazer publicações no Instagram”. Ele envolve todo um planejamento, aplicação de técnicas, acompanhamento e reajustes. Funciona como um ciclo: a cada período é necessário se adaptar e se encaixar no que o público prefere ou dá mais atenção. Fazendo isso por um certo tempo, vai se formando um mapa de conhecimento em todos os termos: comunicação, desejos dos clientes, que imagem passar. A expertise para construir e analisar esse mapa é o diferencial quando se trata de Marketing Digital. Por isso, apenas impulsionar seu site nos mecanismos de busca ou fazer postagens nas redes sociais isoladamente não é o suficiente. E a maioria das pessoas acha que é…

Como escolher uma boa agência de Marketing Digital

Como brincamos anteriormente, quando se fala de Marketing Digital, você pode encontrar pessoas atuando em todos os lugares, desde o vizinho, que vê vídeos no YouTube, até empresas já bastante conceituadas no mercado, que possuem um vasto conhecimento dessa linguagem e ferramentas complexas de marketing.

O mais importante de tudo é não cair em furadas. Se você for contratar alguém, mesmo que para um trabalho modesto, veja o que está sendo oferecido: apenas postagens ou um trabalho completo de análise e Inteligência de Mercado? Muitas vezes, uma única ação não trará resultados, então é importante definir qual é o seu objetivo com isso. Claro que a primeira resposta é vender, mas, para chegar até aí, é necessário construir um longo caminho com uma base sólida e muito conhecimento.

É importante também conhecer o histórico da empresa contratada. Ver quais são os clientes que ela possui em seu portfólio, pedir demonstrativos de resultados, quanto tempo tem no mercado, histórico etc. Por exemplo, se a empresa não perguntar muita coisa sobre seu produto ou seus objetivos com o Marketing Digital, desconfie: esse trabalho é baseado em parâmetros e análises, então ter informações provenientes do cliente é o primeiro passo para o Marketing Digital. O famoso “briefing” é essencial desde a criação da proposta para trabalhar o marketing da sua empresa.

Outro ponto importante é não ter vergonha do ‘Marketês’. Existem muitas palavras e expressões complicadas nessa área, traduzidas ou não do inglês, então peça explicações sempre que tiver dúvidas. Quem estiver fornecendo esse serviço a você, necessariamente precisa te explicar como ele funciona. Claro que existe uma alta complexidade técnica nisso que não vem ao caso, mas a base do trabalho é importante você entender sim.

Procure uma agência que tenha uma visão 360º do Marketing Digital, ou seja, que englobe todos os aspectos e ferramentas envolvidos neste trabalho. Não adianta nada divulgar sua empresa se o cliente te mandar uma mensagem pelo Direct, por exemplo, e não tiver ninguém para responder. Por isso, é importante que a empresa prestadora desse serviço tenha uma visão global e ofereça soluções em todas as áreas.

E, por último e talvez o mais importante, procure uma agência que saiba resolver seus problemas. O Marketing Digital não é só entregar peças de divulgação ou textos, mas de fato gerenciar sua marca e sua estratégia digital. Portanto, quanto menos trabalho você tiver, melhor. O importante é que essa empresa resolva tudo para você, já que o mundo do Marketing Digital é tão complexo, não é mesmo?

Fonte: https://www.agenciabit.com.br/a-importancia-de-investir-no-marketing-digital-360o/